sábado, 19 de março de 2011

Reunião de pauta especial, regada a boa comida, boa bebida, amor e carinho pela querida Memélia Moreira

Por Clara Favilla

Amigos, é com muito alegria  e emoção que relato pra vocês a mais deliciosa reunião conjunta do @cafeveneno e @cafeconversa  (sexta-feira, 18/03).  Digo a mais, não apenas pelo aconchego e  mesmo luxo do apartamento da nossa anfitriã, a eterna musa do jornalísmo político brasileiro, Leda Flora, que brilhou nas décadas de 70, 80 e 90 ao lado de Sílvia Caetano, Sônia Costa e Sônia Carneiro nos principais jornais do País. A última até sangue nobre tem. É sobrinha da inesquecível Condessa Pereira Carneiro, honorável dona do antigo Jornal do Brasil.

É pique, é pique...é hora,é hora: Memélia!!!
 Badu registrou nossos abraços, pulos e lágrimas do reencontro com Memelia.
                                       
Ai que calor!!! Stella ajuda Memelia a se livrar do casaco
                                                                        
Memelia com o comitê de recepção, as que chegaram na hora.
Foi a reunião de pauta  mais deliciosa porque trouxe novamente para nosso convívio, pelo menos até maio, a querida jornalista, especialista/militante das causas indígenas e ambientais, Memelia Moreira, que hoje mora nos Estados Unidos. Como nossa amiga, que só usa roupas da grife Feira da Torre de TV, foi parar em um condomínio de luxo, em Orlando, terra de tornados e de gente querida como Mickey e Pateta, é uma história que ela mesmo deve nos contar aqui.                                                       

                                                           
Vendo fotos pornôs do século 19, no aparelho de lentes múltiplas do bisavô falsário da Leda Flora (a história completa desse bisavô ela nos prometeu escrever pro Blog). Em primeiro plano, a Leda. Fumando, a Stella.

Graça Seligman ajuda Memelia a manusear melhor o instrumento de trabalho do bisavô da Leda. E é claro, dá uma olhadinha também. Numa das fotos, ditas pornô, tem uma mulher linda, branquíssima de neve, deitada, sendo olhada com adoração por um monge completamente vestido: de hábito e um terço pendurado na cintura. Achei a foto mais sacrílega que pornô.

Continuando o texto principal: só adianto a cena inicial da história de amor de Memelia e Frank. Foi por medo de avião que ela se agarrou à mão do gringo sentado à poltrona ao lado e nunca a mais a soltou. O pretexto para tanto arroubo foi uma pane que jogou bagagens de mão e máscaras de oxigênio nas cabeças dos passageiros.

Tenho cá minhas dúvidas. Se o vizinho em questão não fosse gringo, acho que ela teria aguentado o tranco sozinha. Sem querer fazer fofoca, mas já fazendo, nossa Memelia de feições mais que brasileiras, latinas tipo boliviana ou peruano ou mesmo marroquina, como gosta de se fazer passar com seu francês escorreito, tem uma queda por gringos. O primeiro marido dela, e pai de suas duas filhas também é.

Memelia continua muito interessada nas fotos; Badu de branco, porque é sexta-feira, aguarda a vez. Graça atende o celular.                                             

Mas fofocas de lado, registro aqui que as tais mídias online,começando pelo Orkut e mesmo Blogs nos colocou frente a frente com amigos de infância, de colégio, de universidade, e dos primórdios de nossa carreira profissional. O Twitter e também o Facebook coroaram com louvor este processo de nos nos achar, de resgatar pessoas importantes do passado, de  reintegrá-las ao nosso presente. Melhor ainda, nos deu novos e interessantes amigos.

 O instrumento de trabalho do bisavô falsário da Leda Flora

Nunca foi tão fácil se organizar reuniões de reencontro. E minha vida social está quase igual  a de quando eu tinha 20, 30 anos. É  um tal de convites para jantar, cafés da manhã, da tarde. Juro que estou amando tudo isso. E eu, que tinha já tinha parado de sassaricar, sigo feliz essa onda do bem. E vamos em frente que atrás tem gente.

A anfitriã, Leda Flora, feliz com o quórum da reunião
Memelia e Leda colocando o papo em dia antes da reunião ferver
"Essa reunião fará história!" Foto Graça Seligman
Entradinhas: difícil saber o que comer primeiro


"Gente eu não disse que o Richard Gere viria"
"Ai, ai como é bom ser paparicada!" 
Ruth chega, Memelia se emociona



Chegada da Maria Lima




Mariazinha e Edit fazem a reunião ainda mais feliz.


  Leda e Mariazinha, amor de velha data              
"Pescoção de sexta-feira deixa a gente com uma fome!"
Mais um pra aumentar o bolo: kassatti

 
Chegada triunfal de Penha Saviatto

Que corre para os braços da Memelia...
Penha matando  saudades do Badu!
Graça também ama o Badu
 







Milton, by Graça Seligman

Graça,  by Eduardo Badu



Em primeiro plano, Soninha, a sobrinha da Condessa Pereira Carneiro, que durante muito tempo frequentou, à revelia é bom deixar claro, um quadro no Fantástico, feito pelo Alexandre Garcia, devido às perguntas ousadas que fazia não importava a quem. Ao fundo, Macao Goes e Nilceia.

Da esquerda para a direita: Graça Seligman, nossa fotógrafa predileta; Soninha Costa, outra  eterna musa do jornalismo político; Milton Seligman  e Macao Goes, nossa especialista em Cultura e Arte Popular.
As novas amiguinhas de infância: Penha e Stella
A foto é pra mostrar a beleza da mesa de centro de Leda Flora
                   
À esquerda nossa dama de negro, Ruth Simões, e o querido Kassatti.  No grupo à mesa, atenção especial ao banquinho fashion da Penha Saviatto.

Na foto acima, apenas parte do cardápio das comidinhas oferecidas pela Leda Flora: carne de panela fatiada, batatinhas cozidas com cascas e bem temperadinhas, cuscuz maravilhoso com ingredientes crocantes, além de uma lentilha deliciosa. Acho que a Leda teve a ajuda da Nilceia para fazer essas gostosuras. Mas cala-te boca. Não tá aqui quem falou! Antes foi servida uma mesa de entradas variadas e depois, sobremesas: chocolatinhos de grife, presente da anfitriã; bolo de sorvete trazido pela Maria Lima e mousse de limão trazido pela Ruth Simões. Pena que não tirei fotos. Bobeei!


























 

Amigas íntimas no twitter, Penha Saviatto e Memélia Moreira enfim se conheceram pessoalmente para uma contradança ao som da trilha de Amacord de Fellini laaaaa, lara, lara, laraaaaa... laaaaa, lara,lara,lara.... 

Olha que o vinho e a trilha de Amacord podem fazer!
                                      
 
Toque comprova: Memélia continua a mesma: não usa!


No embalo do tema de Amacord, Fellini. Lindo!

Leda Fora com as mãos na cabeça, para a amiga Nilceia  que já se despedia: "Enquanto houver um desses chocolatinhos de grife aposto que ninguém vai embora." Na foto, em primeiro plano, o Maurício, sertanista amigo da Memelia, e Penha Saviatto.

Realmente eu não sei do que o Eduardo Badu tá falando, enquanto fumava e fazia indicações com a mão.O barulho tava intenso: muito riso e pouco siso.


Maria Lima, na  foto acima, feita por mim, exibe seu troféu Mulher Imprensa  2010 diante de uma das incríveis obras de arte do elegante apartamento de Leda Flora. A segunda foto é do Badu.

Penha Saviatto em momento de estranho diálogo caras e bocas com o Troféu Mulher Imprensa da Maria Lima, Mariazinha para os íntimos.

Nesta última foto em grupo, Memelia resolve fazer pose de jogador de futebol
Finalizando a grande noite, o mestre Ricado Ikassatti, barista diplomado, e com atualizações recentes por  meio de cursos especiais em São Paulo, faz a magia de sempre, o café especial
(Bourbon Vermelho), blend da @coffe_lab_Brasil , São Paulo.
Olha e elegância do mestre, que para aproveitar o friozinho já quase outonal de Brasília, usava uma camisa xadrez de flanela. Chique no último!  Sim, as fotos são de péssima qualidade. Mas registram mais esse momento lindo, perfumado, quente e saboroso by @kassatti.

13 comentários:

  1. Aperto no coração por ter faltado a essa "melhor reunião de pauta". Mas fiquei feliz por todos vocês.

    ResponderExcluir
  2. Oi querida, você é nossa convidada, sempre!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. A reunião de pauta que varou a madruga...no Núcleo Ryco Caras da Asa Sul foi muito bacana. Conheci pessoas novas e a fofa da Memélia que como eu é chegada num produto "made in" outro lugar. Sempre fui muito feliz na Gringolândia..Tô com a Memélia e não abro. Nossos encontros são únicos e hilários. Adorei!!!

    ResponderExcluir
  4. Delícia de reunião, ainda mais com a presença da Memélia.Gente festeira reunida com uma mais festeira ainda. Adorei as fotos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Clarinha grande blogueira, relamente o encontro foi demais e a Ledinha como sempre brilhou, até Richard Gere ela trouxe.
    Vamos nos encontrar mais. beijos
    macao goes

    ResponderExcluir
  6. Amei o post. Clarita arrasa sempre! Amei as fotos, os comentários, a alegria, tudo... Amei, principalmente, o encontro delicioso com a querida Memélia. Impossível esquecer esse abraço carinhoso e fraterno. Foi o melhor de tudo. Obrigada, Leda Flora, pela gentileza e elegância da recepção para o pessoal do @cafeveneno e @cafeconversa. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Ai que delícia de "cobertura"Clara!!!! você é demais !! A M E I as suas fotos e as do Badu. Desta vez nao dei minha contribuiçao. Eu quis cair na farra e esqueci até de fotografar......
    O nosso proximo encontro será no meu atelie. Vou ver a data melhor para todos. Aceito sugestão.
    beijos
    graça seligman

    ResponderExcluir
  8. Oi Graça, você contribuiu sim com a série de fotos deste post. Publiquei uma da Leda Flora (braços abertos) e outra do Milton (sorrindo) que são suas.É que editei e cortei o entorno e vc não as reconheceu (rs).
    Beijos e até a próxima.

    ResponderExcluir
  9. Clara, saúdo em teu nome os amigos antigos(aqueles a quem não conheci, sendo teus amigos, são também meus). Bom poder compartilhar (de certo modo) a festa para Memélia. Meu abraço especial a ela. Vontade de te rever e Leda, Sonia(s) e Graça.
    PS: Benza Deus, como é bonita a menina Clara.

    ResponderExcluir
  10. Fico felicíssima com a felicidade de vocês. Adorei ver vocês todos, adorei abraçar e beijar vocês todos. Qualquer hora, vamos repetir, ok? Até sempre e meu agradecimento pelas poderosas presenças.

    ResponderExcluir
  11. Clarita, que delícia!!!
    Acho até que vou fazer um
    macarrão para você!!!

    ResponderExcluir
  12. O anônimo em questão acima é a querida Nilceia, responsável pelo cuscuz que fez parte do cardápio do jantar oferecido pela Leda Flora as turmas do Cafe & Veneno e Café& Conversa, reunidas em torno da querida Memélia Moreira.
    Nilceia,amicíssima de Leda Flora, é daquelas que cozinham por amor e prazer.Vou ficar esperando o teu macarrão, querida.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  13. Demorei para comentar por causa da emoção não muito virtuosa que se apoderou de mim quando li o post pela primeira vez, hehe! Agora, passados ciúme e invejinha (não muito branca como a da Sandra Mosaico) pelo fato de não ter ido, quero dizer: Clara e demais pessoas todas! Que bom fazer parte. Feliz demais por tê-l@s encontrado

    ResponderExcluir