quarta-feira, 2 de março de 2011

Aprendiz de blogueira - Capítulo Um


por Ruth Scaff

Nunca pensei que um dia escreveria num blog. Muito menos em um que tivesse o nome de Café&Veneno. Fosse Café&Conversa ainda vai... 
Mas café e ainda veneno..., pressupõem algum grau de malandragem e alegria. E eu sem nenhum dom para o humor, não sei o que se diz em um espaço feito para receber tão somente gostosuras e travessuras.


Clara até tenta ajudar e sugere que eu transforme meus comentários em postagens – comento demais e posto de menos! Não sei se notaram mas minha única postagem antes desta é nada mais do que uma adaptação do comentário que fiz no texto do Badu. Culpa da Clara, é claro... Publicou sem sequer me consultar.

Como uma das poucas integrantes do Café&Veneno não jornalista fico aqui oscilando entre a exposição com “Mico” e o obscurantismo confortável de emitir comentários descompromissados, até mesmo da coerência mínima com o texto original.

Mas decidi finalmente. E notem que cheguei até aqui. Escrevi um pouco – bem pouco – sobre meu dilema fundamental desde que topei encarar essa vida de post em post que a Cris cantou.
Notaram¿ É alguma coisa.

8 comentários:

  1. Que charuto bom! e que sorriso melhor ainda.
    belo post para uma iniciante!

    abraços e beijo

    ResponderExcluir
  2. Tá muito fofo o post. Escreva mais. Você passa a serenidade que me falta. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Grande Ruth!!!
    Eu não faço nem isso. Por enquanto, prefiro em embalar nas palavras das autoras deste blog "venenoso" e um dia ou outro postar um comentário..

    ResponderExcluir
  4. Estamos esperando sua contribuição para o blog querida Carmensita.
    Coçar e blogar é só começar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ora, não vale curtir as festas e não postar. Iche, cobrei e nem sou a editora-chefe. Eu quero é ler mais e mais...solte os sentimentos e vamos lá.

    ResponderExcluir
  6. a julgar pelo capítulo 01, essa blogueira promete hehehe
    ///~..~\\\

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito! Acho que a blogueira não prometeu, mas cumpriu. Não tem que ser jornalista, tem que saber escrever. E o texto é gostoso. Acabou o dilema, amiga querida. Você leva o maior jeito para envenenar um post. E fumar um charuto... Beijo

    ResponderExcluir
  8. Sabe, acho que foi justamente esse seu "descompromisso" com os "estereótipos bloguenses" que deu essa descontração maravilhosa ao seu texto!!!
    E quanto ao humor, ele está aí sim, deliciosamente implícito em suas palavras.
    Gostei!!!
    Bjos...

    ResponderExcluir